Lipor no CIDADE+

21
Jun

Lipor, Arte, Acção!

O CIDADE+ alegra-se por anunciar uma parceria de peso para esta edição de 2017! Trata-se da Lipor, que renova, este ano, o seu lugar de patrocinador neste evento, sublinhando, ainda mais, a sua qualidade de cocriador trazendo Música, Teatro e Escultura ao programa.

A Lipor é uma associação de municípios, responsável pela gestão, valorização e tratamento dos Resíduos Urbanos produzidos pelos oito municípios que a integram. Foi fundada há 35 anos! Está, portanto, duplamente de parabéns, pelo aniversário e pelo trabalho e evolução tidos até hoje.

Com o CIDADE+, tem já uma relação de 3 anos, tendo estado presente em todas as edições com várias oficinas ligadas à reciclagem criativa e horticultura urbana. Em 2017 a fasquia sobe trazendo a sustentabilidade e a sensibilização ambiental através da arte e da performance.

Foi já no passado dia 10 de Junho, que se realizou a oficina “Lixo Sonoro: Construção de Instrumentos Musicais Não-convencionais com Reutilização de Materiais”, com a orientação, humor e habilidade sem par, do “nosso” maestro Paulo Coelho de Castro, o mesmo do “Do Lixo se Faz Música”.

Que é possível fazer percussão com um bidão, por acidente ou brincadeira, já todos nós o sabíamos. No entanto, nunca imaginamos que sairiam melodias de pastas de dentes, embalagens de iogurtes, balões, garrafas de água e outros tantos objectos do dia-a-dia que nunca foram desenhados para nos “dar música”. Foi isso que descobrimos nesta oficina.

IMG_2001

A melhor parte é que os instrumentos construídos serão utilizados no CIDADE+ na performance Lixo Sonoro, ao vivo, em que o público se torna na orquestra espontânea, sob, uma vez mais a orientação do “nosso” maestro Paulo Coelho de Castro. Estas performances vão-se realizar na Concha acústica dos Jardins do Palácio de Cristal, no Sábado, dia 8 de Julho, pelas 15h00  e no Domingo, dia 9 de Julho, pelas 19h00.

A abertura do CIDADE+ será um dos momentos altos deste evento, com algumas surpresas na manga e a apresentação e finalização da escultura de Bordalo II, intitulada “Carvalho” e desenhada especialmente para este evento a pedido da Lipor.

É a primeira vez que este artista cria uma escultura inspirada na flora, tendo já na sua carteira toda a diversidade de fauna possível e imaginada ao estilo de Bordalo II.

Por último, a cocriação do programa cultural deste evento com a Lipor, traz à vida a peça de teatro “Compostagem Lá em Casa” nos dias 6, 7, 8 e 9 de Julho, durante a tarde em momentos espontâneos.

Está a ser um bom ano para a Sustentabilidade e a cocriação!