“Qual Lixo?” Manifesto

“Qual lixo?” Manifesto

 

A nossa sobrevivência no planeta exige novos pensamentos e novas ações, como por exemplo, interrogarmo-nos sobre as opções de consumo e o lixo produzido (proveniência e destino).

Este manifesto procura criar mudanças positivas que afetarão a nossa e as gerações futuras.

Tal como nos apresentamos, o CidadeMais é um espaço de celebração da sustentabilidade, simplificando-a e tornando-a imediatamente acessível e praticável a qualquer pessoa e organização.

Movidos e inspirados por estes valores no aqui e agora, consideramos que se reúnem as condições para desafiarmos todos os intervenientes, visitantes e participantes a transformarem o nosso encontro, co-criando um evento mais completo em termos de sustentabilidade e respeito pelo planeta e seus recursos. Acreditamos, ainda, que estas ações possam ser transportadas para o dia-a-dia de todos estes agentes de mudança no território e na sociedade.  

 

O que é o Manifesto “Qual Lixo?”

Este Manifesto é um desafio.

Começa com uma pergunta intrigante que nos inspira a repensar o consumo excessivo instigando, como prioridades, a sua redução e a minimização do desperdício.

E tu, como consomes?

O passo seguinte é ver recursos onde antes víamos lixo:  maximizar a reutilização e a reciclagem.

E tu, ainda vês lixo?

O CidadeMais e o Lixo

Ao longo das várias edições, este evento conseguiu compensar parte do seu impacto da produção de resíduos com o recurso a várias iniciativas e parcerias, tais como: eliminação do desperdício alimentar, fruto da parceria com a Zero Desperdício e com a Revolução das Minhocas; plantação de árvores autóctones, com a parceria do Futuro, O Projeto das 100.000 Árvores; utilização de energia limpa para alimentar a Mostra Empresarial, com a participação da Boa Energia.

Este ano, através da sensibilização directa aos participantes do Mercadeco e Praça da Alimentação, queremos continuar a reduzir a quantidade de resíduos, e simultaneamente, recuperando recursos valiosos que podem ser utilizados novamente para outros usos.

Cada mudança tua, muda o mundo.

O que podes fazer no CidadeMais (e na vida):

– Usa sacos de compras reutilizáveis.

– Utiliza uma garrafa de água reutilizável ou bebe dos bebedouros.

– Traz o teu copo/caneca, para evitar a produção de mais resíduos. 

– Fotografa flyers e cartões em vez de os levares contigo.

– Recusa a palhinha, o saco e o talão.

– Separa os resíduos, incluindo o orgânico. Encontra no recinto os Ecopontos correspondentes.

– Se fumas, não te esqueças de colocar as beatas no lixo indiferenciado.

Aproveita que aqui estás para:

– Trazer o que já não precisas para a “casa” Vou Levar-te Comigo.

– Trocar as tuas roupas, que já não precisas, e adquirir novas, no Swap Market.

– Trazer o teu plástico para reciclar com a Precious Plastic e a Opo-lab.

– Inscrever-te nas limpezas de praia com a PlasticSundays.

– Comprar a granel, biológico, em 2ª mão e apoiar pequenos produtores locais.

 

Aos mercadores e expositores: 

– Prefira produtos/matérias primas locais e biológicas.

– Venda a granel.

– Tente eliminar todo o plástico da sua cadeia de produção/venda.

– Utilize embalagens de possível reutilização ou recicláveis.

– Utilize itens laváveis.

– Evite a utilização/distribuição de sacos e embalagens descartáveis.

– Opte por materiais de divulgação/etiquetagem mais sustentáveis

– Evite flyers e brindes. As pessoas podem fotografar a informação.

– Repare na quantidade de resíduos trazidos e gerados no CidadeMais.

– Separe os resíduos, incluindo o orgânico. Encontra na Praça de Alimentação, o Ecoponto correspondente.

– Guarde os desperdícios alimentares para entregar à Refood.

– Beba água da rede pública. Não é preciso água engarrafada!