7 JUL | Sessão II – O Acordo de Paris. E agora?

7 JUL | Sessão II – O Acordo de Paris. E agora?

A impulsividade do sistema climático continua a desafiar a sustentabilidade do território, a saúde e o bem-estar dos seres humanos. Neste sentido, a compreensão da sua dimensão e da sua importância continuam a exigir mais atenção, não só por parte dos especialistas, mas também das pessoas e das entidades que vivem o território.

Os cenários perante um clima em mudança são apresentados, assim como um novo acordo climático: Acordo de Paris – COP21. Neste contexto, o que nos diz o seu plano de acção? Que riscos e oportunidades emergem para as estratégias, planos e políticas públicas? Que opções foram tomadas até ao momento? Que estratégia seguir para a mitigação e adaptação eficiente nos cenários que se apresentam? Quais são as oportunidades nos programas de financiamento para a eficiente mitigação e adaptação às alterações climáticas, visando um território mais sustentável? 

Esta sessão servirá para reflectir, em conjunto, sobre estas (e outras) questões e para continuar a alertar consciências para a necessidade de abordar o problema das alterações climáticas de forma colectiva, envolvendo os diversos intervenientes do território na aprovação de estratégias e medidas de mitigação e adaptação às alterações climáticas que procuram uma maior capacidade de resiliência e sustentabilidade do território.

14h30  Sessão II Boas Vindas

TERRITÓRIO SUSTENTÁVEL: O Acordo de Paris, e agora?

  – Ana Monteiro Professora Catedrática Departamento de Geografia, UP | ISPUP | CITTA, Introdução ao tema

  – Eduardo Santos Director do Departamento de Alterações Climáticas da Agência Portuguesa do Ambiente, Descodificação do Acordo Climático no que diz respeito às políticas públicas de planeamento e do ambiente.

  – Pedro Pombeiro Divisão Municipal de Gestão Ambiental, CMP – Apresentação Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas

15h30 Conversa Moderada

  – Eduardo Santos Director do Departamento de Alterações Climáticas da Agência Portuguesa do Ambiente

  – Filipe Araújo Vereador do Pelouro da Inovação e Ambiente – Câmara Municipal do Porto

  – Francisco Ferreira Director da ZERO/FCT (NOVA)

16h30 Perguntas e Respostas Lançamento do desafio (partilha de preocupações na rede digital #maisconferencia)

17h00 Encerramento e Moderação

  – Ana Monteiro Professora Catedrática Departamento de Geografia, UP| ISPUP | CITTA

Colaboração: Professora Ana Monteiro, Departamento de Geografia, Faculdade Letras da Universidade do Porto

Para submeter a sua INSCRIÇÃO CLIQUE AQUI